Notícia

Dislexia: nova “lâmpada mágica” pode ajudar os disléxicos

Dislexia: nova “lâmpada mágica” pode ajudar os disléxicos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As células do olho podem ser responsáveis ​​pela dislexia

Pessoas com dislexia, também conhecidas como distúrbio ortográfico da leitura ou fraqueza ortográfica da leitura (LRS), têm enormes problemas para converter a linguagem falada em escrita ou vice-versa. Embora o LRS seja um problema conhecido há cerca de 700 milhões de pessoas em todo o mundo, os motivos da ocorrência ainda não foram totalmente pesquisados.

Os físicos franceses Albert Le Floch e Guy Ropars, da Universidade de Rennes, adquiriram novos conhecimentos sobre a doença. Os cientistas publicaram os resultados de seu estudo na revista "Proceedings of the Royal Society B". Segundo o estudo, uma possível causa da dislexia são as células de processamento de luz no olho.

A dislexia está nos olhos de quem vê

Le Floch e Ropars relatam que as células de processamento de luz são organizadas de forma assimétrica em pessoas sem problemas de leitura e ortografia. Em pacientes com LRS, essas células são dispostas simetricamente. Essa simetria pode levar a um reflexo das imagens vistas no cérebro, relatam os cientistas. "A falta de assimetria nos olhos pode ser a base biológica e anatômica dos distúrbios de leitura e ortografia", explicam os autores do estudo.

A lâmpada mágica LED

Os pesquisadores também estão apresentando um possível tratamento que ajudará os disléxicos no futuro. Uma lâmpada LED é o elemento central neste tratamento. Esta lâmpada pisca tão rapidamente que não é visível aos olhos. Os sujeitos do estudo foram expostos a essa luz tremeluzente. O objetivo do método é eliminar uma das imagens enviadas ao cérebro e, assim, impedir a reflexão. Os participantes do estudo já falaram de uma "lâmpada mágica", relatam os cientistas.

Paciência ainda é necessária

No entanto, estudos de longo prazo para esse método ainda estão ausentes. Testes adicionais ainda precisam esclarecer possíveis sucessos ou riscos antes que a "lâmpada mágica" possa piscar no quadro. Se essa terapia for bem-sucedida, poderá ajudar cerca de dez por cento da população mundial a combater a LRS. fp)

Informação do autor e fonte



Vídeo: DISLEXIA E DISCALCULIA: QUANDO PALAVRAS E NÚMEROS SÃO UM DESAFIO (Julho 2022).


Comentários:

  1. Tuppere

    Em vez de críticas escrever as variantes é melhor.

  2. Alanson

    Vamos falar sobre esse tópico.

  3. Mulabar

    Na minha opinião, ele está errado. Escreva para mim em PM, fale.



Escreve uma mensagem