Notícia

O aumento da digitalização é um fardo para a vida e a saúde da família

O aumento da digitalização é um fardo para a vida e a saúde da família



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A digitalização do mundo do trabalho pressiona a vida e a saúde da família
Como mostra um novo estudo, a crescente digitalização do mundo do trabalho e a constante acessibilidade no trabalho têm um impacto negativo na vida e na saúde da família. Os cientistas recomendam, portanto, entre outras coisas, "abstinência digital do trabalho no tempo livre".

Impacto negativo na saúde
Um estudo do Centro de Deficiência e Integração da Universidade de St. Gallen mostra que a crescente digitalização do mundo do trabalho e a constante acessibilidade no trabalho pressionam a vida familiar e têm um impacto negativo na saúde. Mais de 8.000 funcionários alemães foram entrevistados para o estudo intitulado "Efeitos da digitalização do trabalho na saúde dos funcionários".

Cada quarto funcionário sente que sua vida privada é afetada
No entanto, muitos, especialmente os mais jovens, veem novas técnicas no trabalho como positivas. Como relata a agência de notícias dpa, um em cada quatro funcionários sente que sua vida privada e familiar é afetada por seus requisitos de trabalho. O número de pessoas que afirmam sofrer digitalização é de 39%. Como explicou o líder do estudo, Stephan Böhm, a digitalização também apresenta riscos como burnout ou dores de cabeça.

A digitalização não é um espectro
O estudo, encomendado pela companhia de seguros de saúde Barmer GEK em cooperação com o jornal "Bild am Sonntag", afirma: "Existe apenas uma ligeira conexão entre o número de dias de doença e o grau de digitalização nas empresas".

Segundo Böhm, a digitalização não é um espectro, mas pode aumentar significativamente a exaustão emocional. Especialmente quando a digitalização, o medo de perder um emprego e um mau relacionamento com o chefe se reúnem, a pressão sobre os afetados é grande.

Otimismo tecnológico entre jovens
Segundo o estudo, há um otimismo tecnológico, especialmente entre os mais jovens. 59% dos menores de 30 anos dizem que a tecnologia os torna mais produtivos em suas vidas pessoais; apenas 46% dos maiores de 60 anos querem isso. Por outro lado, os meninos se sentem mais forçados a trabalhar mais rápido (21%) e reclamam de ter que trabalhar mais do que é realmente possível (16%).

Autores dão instruções
Os autores do estudo também têm algumas "recomendações para ação" prontas. Deve-se, por exemplo, “sensibilizar os funcionários para as oportunidades e perigos da digitalização e treinar habilidades de autogestão”, por exemplo, através da “abstinência digital do trabalho no tempo livre”.

Além disso, "os gerentes devem ser treinados nos requisitos e nas opções de design da digitalização". Também pode fazer sentido criar flexibilidade no horário de trabalho e oferecer oportunidades de escritório em casa. "Vendo a digitalização como uma grande oportunidade e não apenas como uma ameaça."

Dieta digital para usuários de smartphones
Na ocasião da apresentação do estudo, a Ministra Federal do Trabalho Andrea Nahles (SPD) também alertou que era preciso aprender a usar um smartphone e outra tecnologia - ou seja, guardar os dispositivos com mais frequência. Os cientistas também estão constantemente defendendo uma dieta digital para usuários de celulares.

Segundo o ministro, a economia deve permitir que os funcionários organizem suas horas de trabalho com menos rigidez: "Acho que podemos permitir mais horas de trabalho autodeterminadas".

Mitigar os riscos à saúde através do trabalho digital
Solicitou-se à Confederação Alemã de Sindicatos (DGB) que contivesse riscos à saúde através do trabalho digital. Annelie Buntenbach, membro do conselho da DGB, disse à Agência de Imprensa Alemã que era necessária uma estrutura política "que permita novas liberdades e ao mesmo tempo ofereça proteção suficiente para a saúde". E a política social do SPD Katja Mast disse: "Não deve acontecer que a liberdade e as oportunidades de relaxar sejam perdidas no seu tempo livre".

Informação do autor e fonte



Vídeo: DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS ACADÊMICOS (Agosto 2022).