Notícia

Pesquisa: Você costuma desejar chocolate? Seus genes podem ser os culpados

Pesquisa: Você costuma desejar chocolate? Seus genes podem ser os culpados


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Nossos genes têm um enorme impacto em nossas preferências alimentares
Algumas pessoas gostam de comer chocolate. Outras pessoas podem ter preferência por salgadinhos ou comer principalmente vegetais. Os pesquisadores descobriram agora que nossas aversões e preferências alimentares especiais são influenciadas por nossos genes.

Em sua pesquisa, cientistas da Universidade Tufts, em Boston, descobriram que aversões e preferências particulares em comer estão ligadas aos nossos genes. Os médicos publicaram os resultados de seu estudo na revista "The FASEB Journal".

Pesquisadores descobrem conexão entre genes e preferências alimentares
O presente estudo examinou 818 adultos e encontrou uma ligação entre nossos genes e as aversões e preferências em nossos hábitos alimentares. Por exemplo, sabe-se que algumas dessas variantes genéticas estão associadas a um risco aumentado de obesidade, explicam os especialistas. Outros estão envolvidos na regulação hormonal.

Melhor aconselhamento individualizado sobre dieta
Os resultados encontrados são evidências de que as preferências alimentares estão parcialmente relacionadas a variações genéticas, explicam os cientistas. Alguns pesquisadores acreditam que entender a genética por trás das preferências alimentares levará a conselhos mais personalizados sobre a dieta. Esse tipo de pesquisa é chamado nutrigenômica. Até agora, no entanto, os especialistas são improváveis ​​que um nutricionista analise seu DNA.

Genes afetam os receptores gustativos
Estudos anteriores descobriram correlações entre variações genéticas e o gosto das pessoas por certos alimentos. Na maioria das vezes, nossos genes afetam nossos receptores gustativos, explica a autora Silvia Berciano, da Tufts University.

Em quais genes os médicos estavam particularmente focados?
A equipe de pesquisa estava particularmente focada em certos genes associados a características comportamentais e psicológicas (como depressão ou dependência). Os especialistas queriam descobrir se há alguma conexão com algum hábito alimentar.

Como o gene FTO funciona?
Em geral, o estudo constatou que havia correlações entre múltiplos genes e preferências alimentares. Variações em um gene chamado FTO, que está associado à obesidade, têm sido associadas a, por exemplo, consumo de vegetais e fibras. É possível que o chamado gene da FTO afete o risco de obesidade e o desejo das pessoas por vegetais, diz Berciano. Essa conexão poderia existir porque as pessoas propensas à obesidade raramente são amantes de vegetais? Essa explicação é extremamente improvável, explica o autor.

O gene SLC6A2 afeta a ingestão de gordura
Diferentes genes afetam nosso comportamento alimentar. Por exemplo, um gene chamado SLC6A2 regula hormônios como a noradrenalina. Os pesquisadores descobriram que também está relacionado à ingestão de gordura.

Hábitos alimentares a longo prazo podem ser alterados
Variações em um gene que regula a ocitocina geralmente estão envolvidas na capacidade de ligação, humor e outros comportamentos. O gene também está ligado ao consumo de chocolate e aumento de peso, relatam os pesquisadores. No entanto, os pacientes não devem pensar que seus genes os forçam a consumir quantidades maiores de chocolate. Com o apoio, até hábitos alimentares de longa data podem ser alterados, enfatizam os especialistas.

Resultados podem levar a melhores planos de dieta
Entender como as diferenças genéticas afetam a regulação neuronal do comportamento alimentar pode, de acordo com os pesquisadores, levar a uma melhor previsão das tendências comportamentais individuais. Isso poderia permitir o desenvolvimento de planos de dieta mais fáceis para as pessoas afetadas. (Como)

Informação do autor e fonte



Vídeo: Posso Comer Chocolate 70% a vontade? (Julho 2022).


Comentários:

  1. Dogami

    É entendido assim de duas maneiras

  2. Kenley

    Concordo, uma peça útil

  3. Kibei

    Não consigo decidir.

  4. Kajizuru

    Eu concordo, esta é uma ótima opção.

  5. Fenrilkis

    Que?

  6. Fezahn

    De bom grado eu aceito. Um tema interessante, vou participar. Juntos, podemos chegar a uma resposta certa.

  7. Durrell

    Pouco claro



Escreve uma mensagem